Cerca de 216 pessoas foram presas pelo sistema de reconhecimento facial na Bahia

O sistema foi implantado em dezembro de 2018 e compara traços dos rostos das pessoas registradas nas filmagens com as imagens disponíveis no banco de procurados.

Foto: Divulgação

Um homem suspeito de cometer assaltos, foi preso na tarde deste domingo (24), em Salvador, depois de ser identificado pelo sistema de reconhecimento facial.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o homem tinha dois mandados de prisão por roubo e furto expedidos pela 1ª Vara de Execuções Penais e pela 17ª Vara Criminal de Salvador, respectivamente. Ao ser identificado, uma equipe da Polícia Militar abordou o suspeito e o conduziu até a Polícia Interestadual (Polinter), no bairro dos Barris.

Após consulta ao sistema de segurança pública, foi confirmada a validade dos mandados e o homem ficou detido na unidade prisional, à disposição da Justiça.

De acordo com a SSP, 216 pessoas já foram presas com o auxílio da tecnologia, que começou a ser utilizada na Bahia em dezembro de 2018. O sistema compara traços dos rostos das pessoas registradas nas filmagens com as imagens disponíveis no banco de procurados.

Quando o alerta é gerado, a equipe policial mais próxima é acionada e realiza a abordagem, buscando confirmar a identidade do suspeito e dar seguimento ao cumprimento do mandado de prisão.

Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário