Brasil goleia Uruguai em Manaus com show de Raphinha e Neymar

Seleção dá mais um passo rumo à Copa em vitória com grande atuação coletiva, dois gols do atacante do Leeds United, um do camisa 10 e outro de Gabigol.

(Foto: Ricardo Moraes

Se faltava convencer, agora não falta mais. O Brasil goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira, em Manaus, com show de Neymar e de uma novidade que roubou a cena em todos os jogos da Seleção nesta Data Fifa: Raphinha. Em sua primeira partida como titular, o atacante do Leeds United fez dois gols e pediu passagem para Tite. E a vaga na Copa do Mundo? Pode vir na próxima rodada, contra a Colômbia, em novembro.

O Brasil chegou aos 31 pontos em 11 jogos e é líder das eliminatórias com muita folga. Tem seis pontos de vantagem para a Argentina e pode se garantir na Copa do Mundo na próxima rodada. O Uruguai termina a rodada tripla sem vitórias e é o quinto, com 16 pontos. Os próximos jogos serão em novembro: a Seleção recebe a Colômbia no dia 11, e a Celeste faz clássico com a Argentina em Montevidéu. Veja a tabela completa!

O Brasil teve 55% de posse de bola e 22 finalizações contra apenas cinco do Uruguai. Controlou o jogo nos 90 minutos. E só não venceu por um placar maior porque Muslera fez várias defesas difíceis. Neymar abriu a contagem aos nove minutos. Ele recebeu de Fred dentro da área pela direita, tirou de Muslera e finalizou sem ângulo. Pouco depois, ele recebeu de Paquetá, chutou, e Raphinha apareceu no rebote para fazer o segundo. A Seleção ainda perderia chances com o camisa 10 e com Gabriel Jesus, ambas defendidas pelo goleiro uruguaio.

O panorama não mudou na volta do intervalo. Inclusive com Muslera salvando a vida do Uruguai. Nos seis primeiros minutos da segunda etapa, ele fez três defesas. Mas, aos 12, ele não conseguiu evitar o terceiro do Brasil. Em contra-ataque rápido, Jesus acionou Neymar, que deu o tapa para Raphinha em velocidade na esquerda. O atacante do Leeds finalizou cruzadou. A Celeste chegou ao seu gol com Luis Suárez, em bela cobrança de falta, aos 31. No entanto, Gabigol, que saiu do banco de reservas, fechou o placar. E com ajuda do VAR. Aos 39, Neymar cruzou para o atacante rubro-negro testar para o gol. A arbitragem marcou impedimento, mas o vídeo atestou o contrário: 4 a 1 e show da Seleção.

Questionado contra a Colômbia, Neymar brilhou muito e teve uma atuação memorável contra o Uruguai. Fez o primeiro gol e deu duas assistências, além de ter participado da jogada do outro gol. Tocou 89 vezes na bola na partida, tentou nove dribles e acertou sete, finalizou quatro vezes, todas no rumo do gol. Procurou o jogo o tempo inteiro. Foi o craque que a torcida deseja e admira. E chegou aos 70 gols pela Seleção.

Raphinha mudou o jogo contra a Venezuela, entrou bem contra a Colômbia e ganhou chance como titular diante do Uruguai. E foi destaque do jogo, ao lado de Neymar. Atuou com leveza, fez dois gols em quatro finalizações e saiu aplaudido na segunda etapa. Após a partida, não escondeu a emoção com seu início na Seleção.

Gabriel Jesus passou mais uma partida em branco pelo Brasil. Ele não faz um gol pela Seleção desde a final da Copa América de 2019, há mais de dois anos. São 15 partidas desde então. Mas não foi por falta de tentativa. Ele finalizou três vezes, e duas delas parou em Muslera. Aos 15 minutos do segundo tempo, ele foi substituído por Gabigol, que entrou e fez o quarto gol.

Informações GE

Compartilhe

Deixe seu comentário