Enxergando além do Atlântico:Em primeiro livro, deficiente visual conta aventuras na terra da Rainha

Com prefácio de Carlinhos Brown, ele narra as adaptações, a convivência com diferentes culturas, as confusões e os perrengues, sempre com bom humor.

Foto: Divulgação

Deficiente visual desde os dois anos de idade, o jornalista Fernando Campos conta, em seu primeiro livro, sua aventura na terra da Rainha, após um intercâmbio em Beurnemouth, interior do Reino Unido, em 2014.

Com prefácio de Carlinhos Brown, ele narra as adaptações, a convivência com diferentes culturas, as confusões e os perrengues, sempre com bom humor.

‘Eu sempre fui movido a desafios e criado para o mundo, aquela coisa de não dá para fazer porque sou cego nunca aconteceu, tudo que eu tinha vontade de fazer, eu e minha família nos juntávamos para ver as possibilidades e fazer acontecer. Quando surgiu a oportunidade, buscamos uma agência de intercâmbio, passei um ano em conversa para me cercar de toda a segurança possível. Nesse período, as pessoas diziam muito que não haviam registros dessas experiências entre deficientes visuais, então diziam para escrever um diário para depois compilar, e assim eu fiz, fui escrevendo minhas sensações’, conta Fernando, em entrevista ao Bom Dia Feira, na manhã deste sábado (17).

Assim nasceu ‘Enxergando além do Atlântico – Uma jornada ao Reino Unido’, aliado também ao canal "Na visão do cego", onde Fernando compartilha experiências, ensina e mostra, com leveza, a vida de alguém que não enxerga, tentando quebrar preconceitos.

‘A distância física entre o Brasil e a Europa é gigante e em relação a acessibilidade também, porque isso não é só a parte física, mas também a de consciência e isso, na Europa, é muito maior, a gente vê mais deficientes nas ruas e a relação é mais tranquila, mas claro que também nos esbarramos com algumas coisas. Eu cheguei lá zerado e fui basicamente aprender o inglês e, sem dúvida, a maior herança foi conviver com outras culturas, eu me senti muito acolhido lá’, diz o escritor.

O livro físico está disponível no site das Jovens Escribas, com envio para todo o Brasil, e em formato ebook, na Amazon.

Assista a entrevista na íntegra: 


Compartilhe

Deixe seu comentário