Domingo Tem Teatro promove espetáculos online a partir deste domingo; confira programação

Neste domingo (07), às 10h, o espetáculo de estreia será a "Flauta de Pã".

Foto: Divulgação

Neste mês de março, em todos os domingos, o Festival Domingo Tem Teatro - DTT online promove mais diversão para a manhã da criançada com a exibição de espetáculos onlines. 

Neste domingo (07), às 10h, o espetáculo de estreia será a "Flauta de Pã", que já foi assistido por pessoas presencialmente, mas não é apresentado há cinco anos. 

'A gente convida as pessoas á assistirem esse espetáculo belíssimo da Companhia Cuca de Teatro, que vai fazer com que você embarque na mitologia grega, conhecendo vários personagens, uma história belíssima, que deixa muitos valores, muitas lições e muitas coisas para conversar com a criança, sobre amor, sobre amizade, sobre sentimentos que são tão importantes na vida da gente, principalmente nesse momento que estamos vivendo de pandemia", destaca uma das idealizadoras do projeto Elizete Desteffani,

Para ela, o projeto traz a possibilidade de manter viva toda a arte e cultura do teatro, através do formato online.  

"Quem diria que o teatro iria para a televisão, celular e notebook. O que nos trouxe foi algo que está nos afetando, obviamente, fazendo com que a gente tenha paciência, resiliência, mas ao mesmo tempo nós estamos ganhando essa possibilidade de fazer uma programação em família, para todos terem acesso ao teatro de uma forma gratuita no mesmo horário as 10h. É uma forma que a gente encontrou de não deixar que as nossas crianças percam esse vínculo, essa identidade com o teatro em Feira de Santana, que tem uma trajetória de mais de 16 anos lá no teatro do Cuca, todos os domingos. Então a gente não quer deixar perder isso e queremos retornar quando for possível, mas enquanto isso vamos manter assim, conectados".  

Confira a programação:

No próximo domingo (14) - Mistura aê

No terceiro domingo (21) - Contação de história

No último domingo (28) - O palhaço quer ir ao céu


Com informações do repórter Joaquim Neto

Compartilhe

Deixe seu comentário