'BBB21' quebra recordes do programa em menos de um mês; veja números das 21 edições

Karol Conká, eliminada com 99,17% em um paredão triplo, contra Arthur e Gil, na noite de ontem (23), teve o maior recorde de rejeição.

Foto: Reprodução

Em menos de um mês no ar, o "Big Brother Brasil 21" já entrou para a história do reality show no país. Ele teve:

O maior número de participantes autodeclarados negros (8): Karol Conká, João Luiz, Lucas Penteado, Lumena, Nego Di, Pocah, Projota e Gilberto;

O maior recorde de rejeição: Karol Conká foi eliminada com 99,17% em um paredão triplo, contra Arthur e Gil;

No mesmo paredão, Gil foi o participante com a menor votação das edições: 0,29% dos votos.

No ano passado, o "BBB20" também quebrou recordes e chegou até o Guinness Book como o programa de televisão que recebeu a maior quantidade de votos do público: 1,5 bilhão.

Relembre outros números marcantes da história do reality:

Votações recordistas

"BBB20": 1,5 bilhão
"BBB20": 416 milhões

A votação que entrou para o Guinness Book eliminou Felipe Prior em um paredão com Manu Gavassi e Mari Gonzalez e ultrapassou o recorde de votações da história antes mesmo do encerramento dos votos.

O segundo lugar também é do "BBB20": o paredão entre Gizelly, Guilherme e Pyong teve mais de 416,6 milhões de votos e eliminou Guilherme.

Mais paredões

"BBB20": Babu - 10 paredões
"BBB14": Marcelo e "BBB9" Ana Carolina - 7 paredões

Babu Santana sofreu e chorou durante o “BBB20” porque não aguentava mais ir a paredões. O ator foi o recordista de indicações, com 10.

Antes disso, Ana Carolina, em 2009, e Marcelo, em 2014, haviam sido indicados 7 vezes em suas edições. Ambos foram eliminados no último paredão do programa pelos vencedores das edições.

Maiores rejeições

Karol Conká ("BBB21") - 99,17% (paredão triplo)
Nego Di ("BBB21") - 98,76% (paredão triplo)
Aline ("BBB5") - 95% (paredão duplo)

A cantora bateu o recorde após ser massivamente criticada por atitudes e comentários em relação a outros participantes da casa, como Lucas Penteado, Juliette Freire, Arcrebiano e Carla Díaz. Karol quebrou recorde duplo: a maior rejeição total e a maior rejeição para paredões triplos.

Os recordes anteriores foram da semana passada, com Nego Di. O comediante passou a ser considerado um dos "vilões da edição" pelo público quando abandonou Lucas Penteado, seu primeiro aliado na casa.

Antes desta edição, a participante Aline Cristina, do "BBB5", manteve a posição de mais rejeitada do programa por 15 anos. Ela saiu da casa com 95% dos votos em uma disputa contra Grazi Massafera. Aline foi considerada falsa e fofoqueira pelo público.

Menores votações

"BBB21": Gil - 0,29%
"BBB21": Sarah - 0,37%
"BBB20": Babu - 0,44%

Vitórias mais folgadas

"BBB12": Fael - 92%
"BBB7": Alemão, 91%

O empenho massivo da torcida também apareceu ao longo do programa nas votações para eleger o vencedor. Em 2007, Alemão ganhou com 91% dos votos contra Carollini. Cinco anos depois, o caubói Fael teve ainda mais vantagem e venceu Fabiana com 92% da preferência do público.

Votações mais apertadas

"BBB9": Final - 34,85%/ 34,61%
"BBB8": Final - 50,15% / 49,85%

Enquanto Alemão e Fael venceram de lavada, outros participantes tiveram vitórias muito apertadas no reality. A disputa mais acirrada foi entre Max e Priscila em 2009. Maximilliam se tornou campeão com uma diferença de 0,24% em relação a Priscila. Ele recebeu 34,85% e ela, 34,61%.

A final do "BBB8" foi a segunda mais apertada. O músico Rafinha foi campeão com 50,15% dos votos. A modelo Gyselle ficou em segundo lugar, com 49,85%.

Provas mais longas

"BBB18": 42 horas e 58 minutos
"BBB12": 29 horas e 57 minutos
"BBB18": 29 horas e 48 minutos

Em 2018, dois dos participantes mais fortes do programa se enfrentaram durante 42 horas e 58 minutos na maior prova de resistência de todas as edições. Ana Clara e Kaysar tiveram que ser retirados da prova e cada um ganhou um carro.

A segunda prova mais longa foi disputada por Kelly e Jakeline em 2012. As duas participantes passaram 29 horas e 57 minutos dentro de um carro. Kelly venceu a disputa.

Kaysar é o campeão das provas de resistência. Ele foi o vencedor da terceira prova mais longa das edições, após 29 horas e 48 minutos.

Finais femininas

As mulheres foram as que mais chegaram às finais do programa: foram 31 mulheres contra 21 homens nas 20 finais, algumas com dois e outras com três participantes.


Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário