Vitória empata no Barradão e segue ameaçado pelo Z-4

Rubro-Negro jogou com o Operário-PR, pela 32ª rodada da competição.

Foto: Reprodução

No Barradão, o Vitória ficou no empate em 1 a 1 com o Operário-PR, pela 32ª rodada da competição, e segue próximo da zona de rebaixamento. Vico, de falta, e Ricardo Bueno, de cabeça, marcaram os gols no início do jogo.

Logo aos dois minutos, Vico acertou cobrança de falta e abriu o placar. Só que o Fantasma não demorou a reagir e, aos seis, Ricardo Bueno aproveitou levantamento na área para empatar de cabeça. O Vitória chegou perto de fazer o segundo aos 22 minutos, em chute de fora de Thiago Lopes após boa triangulação. Já o Operário-PR teve oportunidade aos 35 minutos, quando Rafael Oller cruzou, mas Douglas Coutinho não alcançou.

Na etapa final, aos seis minutos, Léo Ceará mandou uma bomba em cobrança de falta e exigiu defesa de Martín Rodríguez. O Operário-PR reagiu com mais perigo, aos 10, quando Douglas Coutinho acertou o travessão em pancada de longe. 

Com o resultado, o Vitória foi a 37 pontos, se manteve na 15ª posição, mas não corre risco de entrar na zona de rebaixamento nessa rodada porque o Figueirense perdeu o seu jogo. Contudo, o Náutico ainda não jogou e, se vencer, pode deixar o Rubro-Negro na beira do Z-4. Já o Operário-PR foi a 42 pontos, na 11ª posição, perto da pontuação necessária para se garantir na Série B.

Em situação delicada na Série B, os jogadores do Vitória não esconderam a tensão. No segundo tempo, Jonathan Bocão errou saída de bola que quase gerou gol para o Operário-PR. Após o lance, o capitão Wallace deu uma sonora bronca no lateral, que também discutiu com o zagueiro.

O Operário-PR volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Oeste, no Germano Kruger, às 19h15 (horário de Brasília). No sábado, o Vitória encara o América-MG, no Independência, às 19h.



Informações GE

Compartilhe

Deixe seu comentário