TSE informa substituição de 476 das 145 mil urnas reservadas para o 2º turno das eleições

Substituídas equivalem a 0,33% do total de urnas das seções e de urnas de contingência. São Paulo é o estado com mais trocas (146). TSE diz que aplicativo e-Título não apresenta problemas.

Foto: Divulgação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que até as 13h39 deste domingo (29) tinham sido substituídas 476 das 145.255 urnas eletrônicas reservadas para a votação nas 57 cidades (18 capitais e outros 39 municípios) onde há segundo turno das eleições municipais.

As 476 urnas substituídas correspondem, segundo o TSE, a 0,33% do total de equipamentos reservados para as eleições neste segundo turno (97.024 urnas em uso nas seções eleitorais e outras 48.231 urnas de contingência; 145.225, no total).

O estado que registrou maior número de urnas trocadas foi São Paulo, com 146 unidades. No Rio de Janeiro houve 129 urnas substituídas.

O terceiro boletim emitido pelo TSE neste segundo turno informou que uma seção do estado de São Paulo estava com votação manual. É a primeira que necessitou de votação manual na votação do segundo turno em todo o país.

A seção fica em uma escola municipal no bairro Cidade Patriarca, na zona leste na capital paulista, e a votação manual foi motivada por erro de hardware no sistema, segundo o TSE.

O TSE também informou que até as 12h deste domingo 503.559 eleitores tinham justificado ausência no segundo turno por meio do aplicativo e-Título, utilizado em celulares.

"Até o momento, o aplicativo tem funcionado adequadamente e sem instabilidade", registrou o tribunal.

No primeiro turno, eleitores de todo o país relataram dificuldades para realizar a justificativa por meio do aplicativo.

Na ocasião, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, disse que o problema foi causado por downloads “de última hora”. Segundo o TSE, cerca de 16 milhões de eleitores estão cadastrados no e-Título.

Para evitar o congestionamento neste segundo turno, somente poderão usar o aplicativo os eleitores que baixaram o programa até as 23h59 de sábado (28).

Segundo a Justiça Eleitoral, o eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral no dia da eleição pode justificar a ausência por georreferenciamento, por meio do e-Título. Essa funcionalidade estará disponível somente neste domingo, dia da eleição, das 7h às 17h.

O app identificará que o eleitor está fora do município neste domingo e vai liberar a justificativa sem a necessidade de apresentação de documentos comprobatórios.

Compartilhe

Deixe seu comentário