Pastor Valdemir defende família, esporte e social como principais bandeiras de atuação na Câmara

Eleito com 1.898 votos para exercer o primeiro mandato na Casa Legislativa de Feira de Santana a partir do próximo dia 1º de janeiro, o Pastor Valdemir Santos (PV) pontua os trabalhos sociais como grande fator de contribuição para vitória nas urnas.

Foto: Joaquim Neto/ Bom Dia Feira

Eleito com 1.898 votos para exercer o primeiro mandato na Casa Legislativa de Feira de Santana a partir do próximo dia 1º de janeiro, o Pastor Valdemir Santos (PV) pontua os trabalhos sociais como grande fator de contribuição para vitória nas urnas.

'Pra gente foi uma emoção muito grande poder representar o nosso povo, tenho serviços sociais na cidade há mais de 25 anos, a questão é que eu sempre trabalhei pela Igreja e quando a gente trabalha assim, não expomos e divulgamos o nosso trabalho, mas seguimos ajudando as pessoas de uma forma muito intensa. A gente tinha a convicção de que essa vitória poderia acontecer', ressaltou à nossa reportagem.

De acordo com o Pastor, um dos projetos desenvolvidos é o denominado: ‘Amigos da família’.

'Nós vamos aos bairros e eu acho que esse projeto nos ajudou muito porque no momento que colocamos nosso nome para concorrer, automaticamente as pessoas já sabiam quem era Valdemir e nós batemos porta em porta, naquele trabalho formiguinha, com muita simplicidade, apresentando o nosso nome as pessoas mais como forma de conscientização do que pedindo voto, e as pessoas viram isso mais nas nossas atitudes do que nas palavras', disse.

Antes da candidatura, Valdemir coordenou três campanhas políticas na cidade.

'Coordenei a primeira campanha do vereador Tom, onde fomos eleitos com mais de 4 mil votos, na terceira candidatura dele também coordenamos e ganhamos em 2016, e logo em seguida a campanha para deputado em 2018, que também foi vitorioso, após isso, por questões internas, fomos desvinculados e iniciamos a carreira solo com essa experiência', relata.

Referente a atuação na Casa, ele ressalta que trabalhará para o povo e pelo povo

'Vamos estar ouvindo, conversando, não vamos ficar definindo diretamente onde vamos ficar, certo é que tenho a minha base política hoje, que são os meus amigos que me acompanham há muitos anos, vou continuar, claro, mas na Câmara vou observar, até porque temos a responsabilidade de fazer dar certo, de fazer acontecer, nós precisamos focar no grupo que tem realmente o perfil que defendemos, a família, o social, o esporte e principalmente o menos favorecido', conta.

De acordo com ele, mesmo tendo como principal foco, a bandeira da família, atuará fortemente no social e esporte.

'São marcas registradas na minha vida que trabalharei com muito empenho', diz.

Com informações do repórter Joaquim Neto 

Compartilhe

Deixe seu comentário