MAIS QUATRO MORTES POR COVID EM FEIRA DE SANTANA

Foto: Divulgação

Feira de Santana teve mais quatro óbitos por covid-19 nas últimas vinte e quatro horas e só não está com o sistema hospitalar totalmente  exaurido porque a prefeitura abriu mais oito leitos de UTI no hospital de campanha, já que os leitos existentes no hospital Clériston Andrade estão todos ocupados, restando a esperança da inauguração do Cleriston Andrade II que já teve data de inauguração adiada por duas vezes  e sem data marcada para a entrar em funcionamento, porém com expectativa de que na próxima semana o governo possa entrega-lo à população para compensar em parte o que o governo fez por Salvador e região metropolitana, onde entregou quatro hospitais de campanha. O governador Rui Costa tem se preocupado muito com a capital, mas precisa se preocupar também com Feira de Santana, que além de liderar uma região metropolitana é passagem de pessoas de centenas de municípios do interior baiano e por aqui aportam pessoas de várias partes do país, por ser o maior entroncamento rodoviário do norte e nordeste e por conseguinte é uma cidade de alto risco de contaminação pela covid-19.

Compartilhe

Deixe seu comentário