Influenciadora digital criticada após fazer festa em casa durante pandemia posta pedido de desculpas

A prefeitura de Feira de Santana se manifestou sobre o caso e disse que acionará o Ministério Público. Muitos usuários de rede sociais criticaram a influencer, e o nome "Feira de Santana" apareceu entre os assuntos mais comentados do país no Twitter.

Foto: Reprodução

A design de interiores e influenciadora digital Lydi Siqueira, de Feira de Santana, criticada após postar vídeos em seu perfil mostrando uma festa que ela promoveu em casa, na sexta-feira (3), se desculpou na tarde deste sábado (4), através de sua conta no Instagram.

No texto em que pede desculpas, a influenciadora digital diz que errou. "Revendo tudo, vejo que me expressei muito mal nos meus stories. O ato leviano de ontem me fez refletir ainda mais sobre como posso usar esse canal para promover informação, empatia e amor ao próximo. Não vamos propagar o ódio e o linchamento virtual, nada disso resolverá o que estamos enfrentando agora", escreveu ela no post.

Ela ainda diz que "se tem algo que posso fazer hoje com toda essa repercussão negativa é enfatizar a importância do isolamento social como principal medida de enfrentamento ao coronavírus".

Nas imagens que viralizaram e causaram a má repercussão, Lydi Siqueira mostrou a decoração da festa e os convidados. Após as primeiras críticas, ela postou outro vídeo, no qual diz que a vida é dela e que quem não foi convidado não precisa se preocupar. 

"A vida é minha, o risco é meu, e você não foi convidado para a minha festa. Então, fique em casa, fique tranquilo. Você não vai pegar Covid, e eu vou comemorar com os meus, com quem eu amo, com quem está comigo. Porque a festa é minha e de quem me faz bem. Quem dividiu comigo os anos. Não são amigos novos, são amigos de anos, amigos que me amam, e eu amo também".

A prefeitura de Feira de Santana se manifestou sobre o caso e disse que acionará o Ministério Público. "A FPI - Fiscalização Preventiva Integrada - já identificou a responsável pela festa, comunicou a polícia e vai informar, também, ao Ministério Público Estadual, para que seja tomada as providências cabíveis", diz o comunicado.

Muitos usuários de rede sociais criticaram a influencer, e o nome "Feira de Santana" apareceu entre os assuntos mais comentados do país no Twitter.

"Só queria avisar ao povo dos outros estados que essa blogueira de Feira de Santana não nos representa", disse uma usuária do Twitter. "Acordei e vi a tal 'blogueira' daqui de Feira de Santana, que eu nunca ouvi falar na minha vida, querendo lacre em cima de um assunto sério, fazendo festinha e depois que pegar o covid vai atrás de leito nos hospitais daqui, que por acaso estão lotados", disse outra.

Confira pedido de desculpas na íntegra

"Errei. Quero deixar aqui registrado os meus sinceros pedidos de desculpas!

Revendo tudo, vejo que me expressei muito mal nos meus stories.

Se tem algo que posso fazer hoje com toda essa repercussão negativa é enfatizar a importância do isolamento social como principal medida de enfrentamento ao coronavírus.

Tenho empatia por todas as pessoas que perderam os seus entes e que nesse momento estão sofrendo. Durante todo o isolamento social tenho usado máscara, luvas e tomado todos os cuidados com os que me cercam.

O ato leviano de ontem me fez refletir ainda mais sobre como posso usar esse canal para promover informação, empatia e amor ao próximo. Não vamos propagar o ódio e o linchamento virtual, nada disso resolverá o que estamos enfrentando agora.

Aprendi durante toda minha vida que a nossa caminhada é feita de erros e acertos. Vamos construir dias melhores!".


Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário