Pacientes do Centro de Referência em IST recebem atendimento psicológico por telefone

A medida visa evitar aglomerações e contato próximo devido a situação mundial de prevenção a Covid-19. O atendimento propõe manter a rotina de tratamento, visando o equilíbrio mental dos pacientes.

Fotos: Vanessa Sampaio

Como estratégia para oferecer atendimento psicológico aos pacientes cadastrados no Centro de Referência Municipal em Infecções Sexualmente Transmissíveis/HIV/Aids a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, está realizando consultas por telefone com psicólogo.

A medida visa evitar aglomerações e contato próximo devido a situação mundial de prevenção a Covid-19. O atendimento propõe manter a rotina de tratamento, visando o equilíbrio mental dos pacientes.

Esta modalidade de atendimento se encontra autorizada a partir de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP), que permite os psicólogos realizarem consultas com os pacientes de forma virtual desde 2012. Desta forma o profissional é livre para oferecer o serviço, seja de orientação, psicoterapia, supervisão ou avaliação psicológica.

Todos os dias a psicóloga Lorena Mascarenhas atende por telefone cerca de sete pacientes por turno desde o dia 24/03. O acompanhamento é agendado e propõe dar continuidade ao serviço que era oferecido presencialmente.

“É muito importante não parar o tratamento do paciente, a assistência à saúde mental é fundamental para que esse paciente tenha compreenda a importância do tratamento ininterrupto”, pontua.

Ainda segundo Lorena Mascarenhas, um dos grandes benefícios da assistência via telefone é que o paciente tende a não ter receio de falar o que realmente sente. “O atendimento facilita a fala do nosso paciente, que pode expor seus sentimentos e dúvidas de maneira mais direta”, analisa.



Informações PMFS

Compartilhe

Deixe seu comentário