Acusados de sequestrar enfermeira voltam ao Shopping, tentam fazer outra vítima e são presos

Na fuga, perderam o controle do veículo após passarem para outra pista e colidir com um ônibus.

Foto: Divulgação

Dois bandidos acusados de participar do rapto que vitimou a enfermeira Karine Cerqueira, no início da tarde de terça-feira (21), no estacionamento do Shopping Avenida, localizado na Avenida Noide Cerqueira, no bairro Sim, em Feira de Santana, foram presos na manhã desta quinta-feira (23), na BR 324, na região do bairro Águas Claras, na capital baiana.

Os criminosos, um de 30 anos e o comparsa de 31 anos, foram presos em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), após se envolverem em um acidente duramente uma perseguição policial. Na fuga, perderam o controle do veículo após passarem para outra pista e colidir com um ônibus.

O comandante do Policiamento Policial Regional Leste (CPRL), Luziel Andrade, disse que pela manhã desta quinta-feira (23), os mesmos homens suspeitos de raptarem a enfermeira voltaram novamente no mesmo shopping que raptou a enfermeira e tentaram assaltar outra mulher. Más perceberam a movimentação da segurança e fugiram do local.

De acordo ainda com a polícia, ao perceber a ação dos suspeitos no estacionamento, a direção do Shopping acionaram a polícia., que chegou de imediato e os ladrões fugaram pela Noide no sentido Feira / Salvador. Três estavam a bordos no veículo Corolla de placa OEL 1855, com licença de Estância (SE). Um deles conseguiu fugir e os outros dois ficaram feridos durante a perseguição e foram presos em flagrante.

A enfermeira Karine Cerqueira, que foi sequestrada no início da tarde de terça-feira (21) no estacionamento do Shopping Avenida foi encontrada por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Feira de Santana, no bairro Pirajá, em Salvador.

Informações da DRFR, Karine estava em um veículo Peugeot 308 de cor branca, quando foi abordada pelos bandidos que chegaram em outro veículo, um Corolla de dados ignorados e levaram a vítima junto.


Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário