Comandante iraniano diz que bombardeio de bases dos EUA dá início a série de ataques

Chefe da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária do Irã afirmou que ataques visaram danificar estrutura americana no Oriente Médio.

Foto: Divulgação

O chefe da Força Aeroespacial da Guarda Revolucionária do Irã afirmou nesta quinta-feira (9) que o bombardeio contra as bases americanas no Iraque dá o início de uma série de ataques contra os Estados Unidos no Oriente Médio, informou a TV estatal iraniana.

Para Amirali Hajizadeh, a "vingança apropriada" pela morte do general iraniano Qassem Soleimani, vítima de um ataque americano em Bagdá, será expulsar as forças americanas na região.

Hajizadeh declarou ainda que o ataque não pretendia matar soldados americanos, mas danificar a "máquina militar" de Washington.

O Papa Francisco pediu para que os Estados Unidos e o Irã evitem uma escalada e pratiquem "diálogo e autocontrole" para impedir um conflito maior no Oriente Médio.

Resumo dos acontecimentos:

- EUA mataram o importante general iraniano Qassem Soleimani em um ataque com drone em Bagdá na quinta-feira (3). Irã prometeu vingança.

- Na terça-feira (7), Irã lançou 22 mísseis contra duas bases no Iraque que abrigam forças americanas e iraquianas. Ninguém morreu.

- Presidente americano, Donald Trump, afirmou que ataque provocou danos mínimos à estrutura militar


Informações G1 

Compartilhe

Deixe seu comentário