Ao menos 50 pessoas morreram em tumulto durante funeral de general morto pelos EUA

Mais de 200 ficaram feridas; por causa da tragédia, o sepultamento foi adiado

Foto : AFP / AHMAD AL-RUBAYE

Ao menos 50 pessoas morreram durante confusão no funeral de Qassem Soleimani, morto pelos EUA. As mortes ocorreram em Kerman, cidade natal de Soleimani, no sudeste do Irã, onde o corpo do general seria enterrado na manhã de hoje (7). Cerca de 210 ficaram feridas. Por causa da tragédia, o sepultamento foi adiado.

Estima-se que milhões de pessoas tenham saído às ruas no país para participar da procissão fúnebre em homenagem a Soleimani. Hoje era o último dos quatro dias de funeral.

Durante o funeral de Soleimani, as principais autoridades iranianas renovaram suas ameaças de vingança. Soleimani era apontado como o segundo homem mais poderoso do Irã, atrás apenas do líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei.


Informações Metro1 

Compartilhe

Deixe seu comentário