Campanha contra câncer de pele é estendida até o fim do verão

A recomendação do dermatologista Elimar Gomes, coordenador da campanha contra câncer de pele, é reduzir a exposição desprotegida ou exagerada ao sol

Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) resolveu estender a campanha Dezembro Laranja, campanha contra o câncer de pele, por todo o verão. 

A recomendação do dermatologista Elimar Gomes, coordenador da campanha contra câncer de pele da SBD, é reduzir a exposição desprotegida ou exagerada ao sol, evitando o horário de maior pico do sol que, sem o horário de verão, vai das 9h às 15h. O filtro solar deve ter fator de proteção superior a 30. Para as pessoas de pele mais clara, o ideal é usar protetor com fator 50 ou 70, além de óculos e chapéu. “E ficar na sombra sempre que possível”.

O dermatologista alerta que, como a areia também reflete a radiação, o filtro solar deve ser usado também sob o guarda-sol. Estudos comprovam que, mesmo embaixo do guarda-sol, a pele fica vermelha por causa da reflexão.

Gomes aconselha ainda a reaplicação do protetor solar quando a pessoa transpirar ou sair da água, caso esteja no mar ou na piscina. “Se a pessoa se cuidar bem, dá para evitar [maiores danos].”


Informações Metro1 

Compartilhe

Deixe seu comentário