Balança comercial tem superávit de US$ 46,6 bilhões em 2019, menor valor em quatro anos

Na comparação com 2018, houve uma queda de 19,6% no saldo positivo. Números foram divulgados pelo Ministério da Economia.

Foto: Divulgação

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 46,674 bilhões em todo ano de 2019, informou nesta quinta-feira (2) o Ministério da Economia.

Se as exportações superam as importações, o resultado é de superávit. Se acontece o contrário, o resultado é de déficit.

O resultado positivo do ano passado registrou uma queda de 19,6% em relação ao ano de 2018 – quando as exportações superaram as compras do exterior em US$ 58,033 bilhões (valor revisado).

O recuo do superávit comercial aconteceu em um contexto de menor crescimento da economia e, também, do comércio mundial. Além disso, também sofreu as consequências da crise econômica na Argentina, importante mercado comprador de produtos brasileiros, e da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

De acordo com números oficiais do Ministério da Economia, esse também foi o menor superávit comercial para um ano fechado desde 2015, ou seja, em quatro anos.

De acordo com o Ministério da Economia, porém, o "objetivo central" da agenda comercial brasileira é o aumento da corrente de comércio, ou seja, tanto das exportações quanto das importações, por meio de uma maior integração econômica com outras nações.

"Não há grande exportador que não seja grande importador. Saldo comercial não é métrica relevante do desempenho comercial de um país, tão pouco do acúmulo de renda e riqueza. (...) Os EUA têm déficit comercial há décadas, sendo uma das economias mais prósperas do planeta", diz o governo.


Informações G1

Compartilhe

Deixe seu comentário