Procon notifica Embasa para troca de hidrômetro em residência

Equipe apurou denúncias de irregularidades no fornecimento de água por parte da Embasa (Empresa Bahiana de Águas e Saneamento) na residência.

Foto: Izinaldo Barreto

Uma equipe de fiscalização da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-FSA) esteve na tarde de sexta-feira, 6, na Rua Monsenhor Moisés do Couto, bairro Campo Limpo, para apurar as denúncias de irregularidades no fornecimento de àgua por parte da Embasa (Empresa Bahiana de Águas e Saneamento), na residência de dona Francisca Alves de Menezes, moradora da casa número 3.260. No local foram constatados problemas no hidrômetro (relógio medidor de água).                                          

O superintendente do Procon, Ícaro Ivvin, acompanhou a equipe de fiscalização e garantiu que todas as providências serão adotadas pelo órgão, para que os direitos do consumidor sejam respeitados.                                      

"Uma vez constadas as irregularidades, o Procon vai notificar a Embasa, para que realize a troca do hidrômetro, bem como se abstenha de fazer qualquer cobrança indevida com relação ao que aqui está acontecendo, porque mesmo com a falta d'àgua se constata que o hidrômetro continua girando sem parar. Então é importante que a gente esteja sempre atento para coibir e proibir essas violações ao Direito do Consumidor", ressaltou.                                                           

O chefe de fiscalização do Procon, Alexandre Simas, disse que a Embasa vai ser notificada para trocar o hidrômetro. "Porque mesmo sem qualquer movimentação de água o equipamento está contando. Mostra que em menos de 24 horas o consumidor já gastou 7 metros de água, o que não é normal, já que ele informa em suas contas, que gasta 6 metros e paga o valor mínimo, que corresponde a R$ 28,00", alerta Alexandre.



Informações PMFS 

Compartilhe

Deixe seu comentário