Exposição sobre Santa Dulce dos Pobres segue até esta terça

Exposição foi aberta na quinta-feira da semana passada, no Salão Nobre da Prefeitura de Feira de Santana e já foi visitada por mais de 200 pessoas

Foto: Divulgação

A exposição “Um pingo de luz”, que tem como personagem santa Dulce dos Pobres, aberta na quinta-feira da semana passada, no Salão Nobre da Prefeitura de Feira de Santana, já foi visitada por mais de 200 pessoas. Será encerrada nesta terça-feira.

No livro de assinaturas constam visitantes de municípios da região, como Conceição da Feira, Riachão do Jacuípe, e outros mais distantes, como Jequié.

E cada uma destes visitantes expressa emoções diferentes, onde fé e admiração andam lada a lado – e muitas vezes entrelaçadas. Em frente da estátua em tamanho real, católicos param por instantes e fazem uma oração.

Ora a fazem baixinho, ora mentalmente. “O que a gente pede é paz, porque a gente está passando por um período muito delicado, na nossa vida social, nos relacionamentos”, afirmou a dona de casa Celina dos Santos.

Para a aposentada Norma Mendes, santo Dulce dos Pobres merece todas as reverências, e não apenas dos baianos. “Foi uma santa em vida”. A dona de casa Delzuite Lopes de Souza disse que gostou da exposição. “A ideia foi ótima”.

“Muito emocionante a gente ver este trabalho”, disse a dona de casa Carmem Lúcia Alves de Araújo. “Todos são muito bonitos”.

As telas e a estátua criadas pelo artista plástico Félix Sampaio foram expostas em Roma, quando irmã Dulce foi canonizada, em outubro deste ano. 


Informações PMFS 

Compartilhe

Deixe seu comentário