Suspeito de traficar drogas em Santaluz morre após trocar tiros com o CETO

Caso ocorreu na madrugada deste domingo (08), por volta de 1h50.

Foto: Divulgação

Gilvan França dos Santos, de 28 anos, conhecido mais como “Manelão”, morreu na madrugada deste domingo (08), por volta de 1h50, no município de Santaluz, durante uma operação da 5ª Companhia do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com o apoio da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO).

Segundo informações da polícia, a PM chegou até o suspeito depois de denúncia anônima que apontava para a presença de criminosos em uma residência do povoado Miranda. Ao perceber a chegada dos policiais, os homens fugiram correndo. As guarnições fizeram o acompanhamento do grupo, que atirou contra os policiais. Os agentes revidaram.

Conforme dados, após o término do tiroteio, os agentes fizeram buscas na localidade e encontraram Manelão ferido. A polícia informou que ele estava com um revólver, nove papelotes de cocaína e nove ‘dolões’ de maconha.

O traficante ainda chegou a ser encaminhado para a unidade médica do município, mas não resistiu aos ferimentos. Gilvan morava no povoado Caldeirão Novo, em Araci, e era um dos chefes do tráfico de drogas no município, além de ser investigado por homicídios.

Compartilhe

Deixe seu comentário