Embasa acumula 784 processos condenatórios junto ao Procon

Em ranking divulgado recentemente, a Embasa também lidera em reclamações dos consumidores com 1539 ocorrências.

Foto: Divulgação

A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento Básico) lidera o número de condenações em processos abertos pelo Procon/Fsa (Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor). São 784 condenações que foram publicados no Diário Oficial Eletrônico, na edição do dia 19 de novembro.

O número também reflete a realidade na quantidade de reclamações que a empresa acumula durante o ano. Em ranking divulgado recentemente, a Embasa também lidera em reclamações dos consumidores com 1539 ocorrências.

A advogada do Procon/Fsa, Emmanuelle Oliveira, explica que uma reclamação só vira processo condenatório quando são finalizadas todas as outras alternativas. “A primeira fase é a de conciliação. Quando a empresa não se interessa em resolver, ai o processo é aberto”, ressalta.

O superintendente do Procon, Ícaro Ivvin, destaca que essas ações do governo Colbert Martins Filho tem como objetivo criar uma mudança de hábitos nas empresas. “Se ficarem impunes, elas não terão interesse em resolver os problemas de seus consumidores. Mas quando a gente entra em ação, e de forma firme, eles passam a se preocuparem mais”.

Os processos geram multas para as empresas, que tem um prazo para pagar. Finalizado esse prazo e não for realizado o pagamento o valor passa á Dívida Ativa do município. Após um ano a Prefeitura poderá pedir execução judicial da dívida.


Informações PMFS 

Compartilhe

Deixe seu comentário