DEGRADAÇÃO

Foto: Reprodução G1



Fonte bem informada nos adiantou que a Via Bahia (concessionária da BR 324 na exploração de pedágio) estaria em atritos com o poder concedente (governo federal) o qual alegaria que a concessionária não estaria cumprindo rigorosamente o contrato de concessão e, por sua vez, a Via Bahia estaria impossibilitada de melhorar a qualidade de manutenção da rodovia devido ao baixo preço cobrado pelo pedágio, considerando-se o comparativo com os valores cobrados nas demais rodovias pedagiadas da Bahia. Espera-se que haja bom senso entre as partes, porque, se com a Via Bahia é ruim, sem a Via Bahia seria pior, pois, na hipótese de rompimento do contrato de concessão, até que se faça uma nova licitação demandaria tempo suficiente para degradação da BR-324.

Compartilhe

Deixe seu comentário