DESCONFIANÇA

Foto: Divulgação

Os políticos em geral estão assustados com o proposta do governo federal de acabar com a autonomia de municípios com menos de cinco mil habitantes e que tenham menos de dez por cento da arrecadação própria em relação a receita global de cada um, sendo que passariam  a ser distritos dos municípios maiores mais próximos. Os parlamentares (deputados e senadores), consideram uma proposta imoral e  prejudicial aos que tem votações nos respectivos municípios e se acabarem com eles, teriam grandes prejuízos eleitorais e por isso consideram uma covardia do governo uma proposta dessa natureza. Mas, na tarde desta quarta-feira (06), o governo tentou minimizar o problema, admitindo que essa mudança passaria a valer a partir de 2028 e que até lá os prefeitos se esforçariam para melhorar a arrecadação dos seus respectivos municípios. Mesmo assim os deputados e senadores estão olhando a proposta do governo com desconfiança.

Compartilhe

Deixe seu comentário