Sindica realiza reforma avaliada em mais de R$ 300 mil recuperando inadimplência de condôminos

A moradora contou apenas com a recuperação de inadimplência dos moradores, gestão de fluxo de caixa, utilização do fundo de reserva e taxa condominal.

Foto: Divulgação

 A sindica de um condomínio, no bairro Papagaio, em Feira de Santana, conseguiu realizar um obra avaliada em mais de R$ 300 mil sem ter que pedir empréstimo ao banco ou precisar vender seus bens para dá início a construção. A moradora contou apenas com a recuperação de inadimplência dos moradores, gestão de fluxo de caixa, utilização do fundo de reserva e taxa condominal.

"Agimos na inadimplência para compor o caixa e começarmos a obra. Morar em condomínio é aprender viver em comunidade", disse Larissa Larissa Villas Boas. 

Proprietária de uma administradora de condomínios, a Planejar, ela pretende pôr em prática este mesmo case de sucesso em outros residenciais na cidade. Para isso, Larissa Villas Boas elaborou um "passo-a-passo" de como reformar sem colocar qualquer residencial no vermelho, desde que haja um planejamento de finanças, controle contábil e prestação de contas.

A reforma da fachada do pórtico, incluindo a guarita de segurança, teve duração de 11 meses. A ordem de serviço foi iniciada em janeiro de 2018 e entregue em dezembro do mesmo ano com a redução da taxa condominal vigente.

Compartilhe

Deixe seu comentário