Acusado de agredir idoso sofre de transtorno mental

Foto: Divulgação

A delegada Bianca Torres, titular da 2ª Delegacia Territorial de Feira de Santana, responsável pelas investigações da agressão que o idoso, Jaime Rocha da Luz, 84 anos, sofreu na tarde de segunda-feira (12), no bairro Ponto Central, disse que o agressor identificado como Tarcísio Oliveira Batista, sofre de transtorno mental.

O idoso, Jaime Rocha caminhava por uma rua do bairro Ponto Centra e ao atravessar a rua foi surpreendido por um homem (Tarcísio), que pedalava uma bicicleta deu um soco acertando o rosto. Jaime caiu ao solo e ficou desacordado, sendo socorrido por pessoas que passavam e que se encontravam na mesma rua.

Toda a ação foi flagrada por uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial localizado na mesma rua onde ocorreu a agressão.  O vídeo foi publicado nas redes sociais deixando muitas pessoas indignadas com o acontecido. De imediato o agressor foi identificado e teve sua fotografia divulgada também nas redes sociais. 

Após a divulgação da imagem do acusado, o mesmo foi identificado por uma guarnição da Polícia Militar e conduzido para 2ª DT e apresentado a delegada Bianca Tores. Familiares do agressor também foram a delegacia para acompanha-lo.

Bianca Torres disse que: 'familiares do agressor alegaram na delegacia que o mesmo tem transtorno mental. Eles nos apresentaram laudo médico, remédios, comprovando que Tarcísio tem problemas neurológico. Tomamos conhecimento que a vitima não corre risco de vida, está bem, mas ainda com cuidados médicos, já que o mesmo é um idoso de 84 anos. Devido a isso, ele foi ouvido em termo circunstanciado e liberado'.

'Não cabe a nós, aqui internar o agressor, a família até contou que está a procura de meios para internação dele, mas está tendo dificuldade. Ele já tinha agredido outra pessoa anteriormente, chegou a ser internado, mas com um tempo deram alta. A família disse que dessa vez irá procurar um meio para internar o mesmo, pra não acontecer uma tragédia pior', finalizou Torres.


Informações Gleidson Santos 

Compartilhe

Deixe seu comentário