Balancinho: Claudia Leitte lança sua aposta para o Carnaval 2019

Música que traz referências do reggaeton será lançada nesta quarta (07)

Danilo Borges/Divulgação

“Balancinho, balancinho, Balancinho/ Cabeça, cintura, joelho, quadril”. Esse é o refrão da música inédita que a cantora Claudia Leitte vai lançar em single nas plataformas digitais, nesta quarta-feira (07), junto com um clipe.

Ouvida com exclusividade pelo Correio*, a aposta da artista para o Carnaval de 2019 traz referências do reggaeton - tem ainda algumas palavras em espanhol: ‘Uno, dos, tres’ e ‘pacito’ - e é daquelas músicas que fica na cabeça. O clipe, por sua vez, conta com mais de 200 aparições da própria artista, que vestiu 17 looks diferentes. Outro destaque vai para a coreografia, superfácil de ser executada – lembra até o clássico infantil Cabeça, Ombro, Joelho e Pé, de Xuxa. 

“A música veio embalada pelo Carnaval 2018, que a gente lotou tudo, saiu bombando e foi bem divertido. O fato de ter tocado meus filhos, Rafael e Davi, também influenciou muito. Rafael diz que essa é a música favorita dele. É que tem uma coisa doce, de criança e a coreografia é bem inocente. Ao mesmo tempo, tem essa  coisa animada, dançante”, contou a cantora fluminense, em entrevista ao Correio*. Ouça um trecho a parte instrumental da música.

Segundo a artista, a influência do ritmo espanhol não foi estrategicamente pensada. “Bola de Sabão (2008), por exemplo, é um reggaeton. Gravei com Daddy Yankee, rei do ritmo, muito antes de estourar no Brasil. Me amarro em reggaeton há anos, então foi algo bem natural. Quero que seja uma música para  todo mundo curtir esse Verão”, completou.


Mensagem

Apesar de ter surgido no início do ano, Balancinho será lançada em um momento ideal, explica a artista. Isso porque ela quer passar a mensagem do equilíbrio, que tem tudo a ver com o que ela vive agora. “Não tenho a pretensão de levantar uma questão, mas acho importante carregar essa mensagem. Agora, aos 38 anos, me sinto forte, bem resolvida em todos os meus papéis, inclusive convivendo e lidando com todos os problemas que tenho. Me sinto leve, dançante e realizada”, explicou.

Questionada sobre os motivos de se sentir assim, ela disse que não tem uma ‘receita’, mas conta que tudo mudou quando ela começou a estabelecer prioridades e não apenas focar no trabalho: “Acho que é a idade. Uma hora que a gente amadurece. Todos os dias, estabeleço prioridades. A nossa prioridade tem que ser aquilo que não vai perecer. A família, os amigos... Eu boto Deus na frente e priorizo essas pessoas, além dos encontros da vida”.

No clipe, Claudia também faz referência aos muitos balanços que aprecia em termos de ritmo e música. “Toda mulher não é só uma, tem várias facetas. Busco fazer um balanço de todas minhas faces para encontrar esse equilíbrio. As diversas ‘Claudias’ aparecem, junto com um pouco de todo os meus jeitos:  ora singela, ora divertida, porém forte e determinada”, explicou. 

Por mostrar apenas ela – em diversas posições e movimentos, inclusive interagindo com ela mesma e em um balanço – a cantora precisou gravar em inúmeras posições diferentes: “Foram muitas horas de gravação. A gente riu muito, mas foi bem cansativo”.

Nos 17 figurinos, há uma predominância de bodys leves, com cores suaves. O objetivo, pontua Claudia, é remeter à sua identidade e essência: “Por mais que eu seja muito alegre e excêntrica, esses tons formam quem sou, a minha alma. Sou muito leve. A composição, o balanço das minhas versões, resultam em Carnaval”.

Carnaval

Falando em folia, ela já está com o tema do seu Carnaval de 2019 definido: Coração da Amazônia. A artista, que já usava alguns figurinos e adereços sustentáveis, abraçou de vez a causa. “Sempre busco disseminar uma mensagem e, dessa vez, quero falar de sustentabilidade. É um tema que sempre toco: a gente tem o trio e usa combustível sustentáveis. A ideia veio justamente dessa necessidade de comportamento, da informação. O figurino vai ser lindo, a decoração do trio também”, resume. 

Antes disso, Claudia já confirmou a primeira edição da festa Prainha da Claudinha, no Yacht Clube, em Salvador, no dia 2 de fevereiro de 2019. “Vai ser no pôr do sol, algo um pouco mais intimista, mas que acaba em farra, com vários dos meus sucessos nesses dez anos”. 

Correio*

Compartilhe

Deixe seu comentário