NÃO ACREDITAM

Foto: Divulgação

O preço da carne bovina subiu estupidamente devido à China estar importando quase toda a carne brasileira após problemas com o consumo da carne suína. Ocorre que, ao invés dos pecuaristas estarem satisfeitos, na verdade eles estão inconformados porque antes  estavam recebendo preços aviltados pela arroba da carne bovina e agora que melhorou o preço da arroba, terão que repor o rebanho (garotes) para engordar a mais de duzentos e setenta reais a arroba. O milho para ração que antes estava na faixa dos quarenta reais a  saca de 60kg, agora está a sessenta reais e todos os insumos subiram estupidamente. Tão logo, os chineses voltem a consumir a carne suína, seguramente reduzirão as importações da carne brasileira e o preço da arroba do boi cairá novamente. Só que, eles (pecuaristas) acham que dificilmente os preços da reposição do rebanho e dos insumos retornará aos patamares anteriores, ou seja, na mesma  proporcionalidade. Parece que há vantagens para os pecuaristas, mas na verdade eles não acreditam na durabilidade delas com a repercussão na alta do preço da carne no mercado interno.

Compartilhe

Comentários